A importância da alimentação para o desenvolvimento infantil

A_importância_da_alimentação_infantil_para_o_desenvolvimento.jpg.jpeg

Para que o seu filho cresça forte e saudável, é muito importante que ele tenha, desde pequeno, uma alimentação equilibrada.

Neste post, discutiremos a importância da alimentação adequada e a sua relevância para o crescimento do seu filho. Confira:

Alimentação e formação

São muitos os fatores fundamentais para a formação da criança: a educação, o convívio com amigos e familiares e, como não poderia deixar de ser, a alimentação.

No início da vida, por exemplo, o leite materno é o único alimento de um bebê, fornecendo os nutrientes necessários para que ele cresça e se desenvolva. Por volta do sexto mês de vida, ele passa a precisar de um aporte nutricional complementar e, nessa fase, os pais devem prestar muita atenção ao que é oferecido pois irá influenciar os hábitos que o acompanharão por toda a vida.  

Por que me preocupar com a alimentação infantil?

Assim como a qualidade de um produto depende dos insumos utilizados em sua fabricação, o funcionamento adequado de nosso organismo depende das matérias primas que disponibilizamos para ele. 

Temos uma capacidade limitada de ingestão de alimentos. Se preenchermos parte dela com alimentos de baixa qualidade nutricional (bolos, doces, refrigerantes, salgadinhos) certamente estaremos deixando de consumir nutrientes essenciais para o desenvolvimento adequado.  

Além das vitaminas e minerais, os vegetais possuem substâncias chamadas de fitoquímicos, que auxiliam na prevenção de doenças cardíacas, degenerativas e, até mesmo, alguns tipos de câncer. O baixo consumo destes alimentos por si já é responsável por milhares de problemas de saúde em todo o mundo. 

Combinado com o aumento da ingestão daqueles altamente processados, em sua maioria ricos em sódio, açúcar e gordura saturada, temos observado um número cada vez maior de obesidade já na infância. 

Como a qualidade da alimentação pode afetar meu filho?

Um estudo do “The Journal of Nutrition” demonstrou que o déficit nutricional nos primeiros anos de vida podem acarretar em um prejuízo vitalício de até 10% no rendimento escolar . 

Com relação ao desenvolvimento psicossocial, existem também evidências de que alguns casos de autismo, hiperatividade, depressão e ansiedade estão relacionados com o desequilíbrio nutricional. 

 

O déficit de micronutrientes pode estar presente até mesmo em crianças com excesso de peso. Este fenômeno é conhecido como “fome oculta”, já que aparentemente a criança se alimentar adequadamente, porém a alimentação é composta de alimentos pouco nutritivos.   

Na dúvida, consulte um nutricionista

Como nos demais aspectos de seu desenvolvimento, é papel dos pais definir o que comer, quando comer e onde comer, garantindo a oferta de cereais ou tubérculos, leguminosas, alimentos de origem animal, frutas e hortaliças diariamente.

 

Cabe à criança criança definir o quanto daquilo que lhe foi oferecido ela precisa comer.  

É importante salientar que a quantidade necessária de cada nutriente varia nas diferentes fases da vida, sendo importante consultar um profissional nutricionista para orientar sobre o oferecer em cada uma delas. 

A educação alimentar é fundamental para a formação do seu filho. Uma criança bem nutrida é capaz de ter um ótimo desenvolvimento físico, cognitivo e social, aumentando suas chances de ser um adulto saudável e feliz.

Quer mais textos sobre como manter o seu filho sempre saudável? Assine a nossa newsletter e fique por dentro das nossas dicas e novidades!

Edição: Francielly Kirchner Caobianco
Nutricionista CRN 2180

Postagens relacionadas
Child painting in the kindergarten
Por que a rotina na educação infantil é essencial?
Hamburger and french fries for unhealthy lunch
Obesidade Infantil: estratégias para prevenção
Como_melhorar_o_comportamento_dos_filhos_à_mesa.jpg.jpeg
Como melhorar o comportamento dos filhos à mesa
4_atividades_extracurriculares_que_seu_filho_deveria_fazer.jpg.jpeg
4 atividades extracurriculares que seu filho deveria fazer
X_consequências_de_uma_má_alimentação_infantil.jpg.jpeg
4 consequências de uma má alimentação infantil

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web