Alimentação infantil: 6 dicas para aguçar a curiosidade do seu filho

alimentacao-infantil-6-dicas-para-agucar-a-curiosidade-do-seu-filho.jpeg

Então você já tentou de tudo: criar carinhas com cabelo de cenoura ralada e olhos de azeitona, contar que o coelhinho come, que se não comer não cresce, que vai ter que levar “pique”… e nada é eficiente o suficiente para acabar com a birra clássica, exigindo que só come se for batata frita ou salgadinho. 

Infelizmente, manter a alimentação rica em vegetais e verduras frescas em um mundo de tentações açucaradas, industrializadas e super processadas não é tarefa fácil. Entretanto, nem tudo é um mar revolto em plena tempestade quando o assunto é alimentação orientada para a saúde na infância.

Separamos para você 5 dicas de como atrair a atenção dos seus pequenos para uma alimentação infantil saudável. Confira!

1. Deixe frutas à vista

O que é mais atraente: uma porção de frutas coloridas, cheias de texturas e cheiros sob a mesa ou mangas, goiabas e kiwis empacotados hermeticamente no fundo da geladeira?

Um estudo feito pela Universidade Cornell constatou que a maioria das pessoas que tem uma alimentação saudável o faz, pois, em suas casas, sempre têm frutas e vegetais visíveis e de fácil acesso.

O raciocínio é simples: quando alimentos saudáveis, ricos em vitaminas e nutrientes estão à disposição e claro, sedutoramente exibidos, eles são a escolha óbvia na hora da fome, mais do que um saco de biscoito industrializado no fundo da dispensa da cozinha. 

Por isso, tire já as frutas da geladeira e monte uma fruteira bem bonita na mesa com livre acesso das crianças. E, claro, livre-se de uma vez por todas dos pacotes de biscoitos e salgadinhos.  

2. Que tal uma hortinha caseira?

Um estudo publicado na Acta Paediatrica comprovou que crianças que cultivam seus próprios alimentos se sentem mais motivadas a comerem o que plantaram.

Além de estimular a alimentação saudável e orgânica, ter uma hortinha em casa pode ainda ajudar a melhor a relação dos pequenos com a natureza e ainda proporcionar momentos de proximidade com toda a família. Vale a experiência!

Não tem espaço? Hoje existem no mercado várias soluções para pequenos ambientes, incluindo hortas verticais e, até mesmo, auto-irrigáveis. 

3. Invista na variedade e na disposição correta dos alimentos

Sim, a apresentação e variedade dos alimentos durante a refeição podem ser aliados extras na hora de despertar a curiosidade dos pequenos para uma alimentação saudável!

Um estudo feito pela Universidade de Cornell e pela Lodon Metropolitan University mostrou que crianças e adultos tem percepções diferentes quanto à disposição dos alimentos e sua variedade.

Os pequenos tendem a preferir os alimentos dispostos na parte inferior do prato e em formatos e desenhos diferentes, com variedade de 7 tipos de alimentos e 6 cores diferentes. Enquanto os adultos preferem os alimentos na parte central, com uma variedade de 3 tipos de alimentos e 3 cores diferentes.

4. Parta os alimentos em pedaços pequenos

Os alimentos mais rígidos, aqueles que demandam os dentes da frente para serem comidos, costumam ser mais rejeitados pelas crianças. A solução para este problema foi testada e concluiu-se que, quando fracionados em pedaços menores, as crianças tendem a consumir espontaneamente! Além de darem mais saciedade, os pequenos pedaços ajudam a criança a comer mais devagar, com foco e atenção no alimento.

5. Dê nomes atrativos aos alimentos

O que é mais legal, comer “uma cenoura” ou “uma cenoura crocante super poderosa”? A segunda opção, definitivamente, soa bem mais saborosa!

Segundo uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, em 2005, dar nomes atraentes para os alimentos saudáveis aumenta sua seleção e consumo por parte das crianças.

Por isso, dê assa a imaginação e no próximo almoço faça um cardápio recheado de vegetais cheios de super poderes!

Quer saber mais dicas para garantir uma alimentação infantil saudável? Assine nossa newsletter e fique por dentro das melhores práticas! 

Postagens relacionadas
educacao-alimentar--passo-a-passo-para-ensinar-seu-filho-a-comer-bem4523
Educação Alimentar: passo a passo para ensinar seu filho a comer bem
lanches-rapidos-e-praticos-para-inserir-na-alimentacao-do-seu-filho4359
Lanches rápidos e práticos para incluir na alimentação do seu filho
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Seu filho sofre de neofobia alimentar?
Hamburger and french fries for unhealthy lunch
Obesidade Infantil: estratégias para prevenção
Alimentação_infantil_entenda_como_ela_é_influenciada_pelos_pais.jpg.jpeg
A influência dos pais sobre a alimentação das crianças
1 Comentário

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web