3 atitudes que devem ser evitadas na educação dos filhos

X_maiores_erros_que_os_pais_cometem_na_educação_dos_filhos.jpg.jpeg

A educação dos filhos não é uma tarefa fácil, mesmo para pais experientes. Cada criança tem suas próprias características e personalidade e, assim, cada filho representa um novo desafio. Entretanto, existem algumas regras de comportamento e de convivência que, se bem estabelecidas e delimitadas, podem ser boas estratégias nessa árdua (e prazerosa) tarefa.

Pensando nisso, separamos nesse post uma lista com 3 atitudes que devem ser evitadas na educação dos filhos e as melhores formas de contorná-las. Vamos lá?

1 – Fazer todas as vontades

Uma criança mimada não consegue lidar com a frustração e pode acabar sofrendo quando estiver longe dos pais, com pessoas que não a tratarão como o centro das atenções.

As reações de explosões e birras que elas comumente protagonizam têm por objetivo se posicionar como o centro das atenções e, assim, conseguir o que querem.

Uma forma de evitar esse comportamento é investir em uma educação com muito diálogo. Converse com seu filho sobre a impossibilidade momentânea de comprar aquele brinquedo que ele quer, por exemplo, ou sobre a razão de ter que esperar a hora certa para mexer no celular. 

Quando ele começar um ataques de birra, seja firma, faça contanto visual com a criança, procurando entender o que ela precisa e orientando que o comportamento não é legal. E, de forma alguma, aceite a chantagem. Ceder só vai reforçar este comportamento.

2 – Mentir para proteger

Quando perguntamos aos pais a razão de mentirem para seus filhos, a resposta costuma ser “é só para protegê-los”. Dizer que “está tudo bem” quando os pais estão se divorciando, que “o cachorrinho fugiu” quando ele morre, ou que “não tem problema ter perdido o brinquedo” podem prejudicar a habilidade de lidar com as diferentes emoções.  

Ao perceber que os pais estão mentindo, a criança acaba tendo que escolher entre confiar nos pais ou em si, algo que ainda não está preparada para fazer, e acabará tendo que preencher as lacunas entre o que ela sabe e o que ela não sabe com suposições que podem ser muito piores do que a realidade.  

Mais uma vez, a conversa franca, quando bem direcionada, é sempre a melhor saída. 

3 – Corrija, não reprima

Corrigir e reprimir são ações completamente diferentes. Todas as crianças precisam da correção e orientação dos pais. Afinal, é assim que ela fará distinção entre o certo e o errado.

Entretanto, evite a retomada constante de uma dificuldade apresentada por seu filho ou um erro cometido por ele. Corrija e converse com ele, certifique-se de que ele entendeu onde errou e qual a consequência dos seus erros. Peça, também, para que ele diga qual acredita ter sido a atitude correta naquela situação, para que ele saiba o que fazer quando se deparar com ela novamente.  

Repetir e fazer brincadeiras acerca dos erros cometidos poderá fazer com que ele desenvolva um comportamento de inibição, desaceleração de aprendizagem ou perfeccionismo e, eventualmente, acabe evitando se envolver em novas atividades. 

Você deve compreender que pequenas atitudes cotidianas são de extrema importância na educação dos filhos — não são as atitudes drásticas, grandes castigos e um sistema de punição rígidos que farão desse momento educacional algo assertivo. São nos momentos de conversa, de descontração, de jogos e brincadeiras que seus filhos conhecerão seu caráter, a forma como você se relaciona com os outros, seus valores. Seja exemplo.

Gostou do post de hoje e quer compartilhar com a gente algum erro ou aprendizado que se destacou na educação dos seus filhos? Comente aqui!
Postagens relacionadas
Child painting in the kindergarten
Por que a rotina na educação infantil é essencial?
Hamburger and french fries for unhealthy lunch
Obesidade Infantil: estratégias para prevenção
Como_melhorar_o_comportamento_dos_filhos_à_mesa.jpg.jpeg
Como melhorar o comportamento dos filhos à mesa
A_importância_da_alimentação_infantil_para_o_desenvolvimento.jpg.jpeg
A importância da alimentação para o desenvolvimento infantil
4_atividades_extracurriculares_que_seu_filho_deveria_fazer.jpg.jpeg
4 atividades extracurriculares que seu filho deveria fazer

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web