Psicologia infantil: aprenda a dizer não para os filhos

Psicologia_infantil_aprenda_a_dizer_não_para_os_filhos.jpg.jpeg

É por amar demais que, muitas vezes, é tão difícil dizer não para as crianças. Elas são fofas, argumentadoras e, por vezes, muito convincentes. Mas é justamente por querer o melhor dos filhos que devemos estabelecer limites, ensinando que nossa liberdade terminar onde começa a do próximo. Aqui vão algumas dicas para ajudar:

Identifique suas próprias dificuldades

Você já parou para pensar por que tem dificuldade em dizer não para o seu filho? Muitas vezes ela é motivada por alguma espécie de sensação de culpa. A culpa torna os pais muito mais vulneráveis — e ceder e não dizer “não” ou, pior, dizer e voltar atrás, pode ser desastroso para a criação do seu filho.

Compensações psicológicas, história familiar e ausência de algum membro da família — enfim, há muitos motivos para que pais e mães achem que permitir tudo é compensar algo. Tenha em mente que esse tipo de comportamento é nocivo, tanto em curto quanto em longo prazo. É importante que os pequenos compreendam que não conseguir tudo que quer faz parte da vida. 

Tenha critérios durante a educação

Quais são os seus valores? O que será permitido e o que não será? Que códigos os pais podem usar para tomar decisões sobre os filhos? Você tem sido um exemplo para seu filho? E os pais devem entrar em um acordo sobre como será a conduta para a educação da criança.

É bastante comum após ouvir um “não”, a criança correr e pedir a mesma coisa para outra pessoa, ignorando a resposta anterior. Nestas situações é primordial a coerência entre os envolvidos na educação para evitar que a criança use da divergência para manipular as pessoas e conseguir o que quer, prejudicando, e muito, na formação de seu caráter. 

O jeito certo

Dizer “não” só para mostrar que manda não vai levar a lugar algum. É essencial que exista um propósito e as decisões sejam coerentes e razoáveis, mas isso não significa ter que ficar dando mil explicações. E tudo bem se ela ficar chateada pois, assim, estaremos dando a oportunidade de aprenderem que a tristeza é momentânea e que elas não tem como controlar tudo ao seu redor, mas podem aprender a lidar com as diferentes situações, por piores que possam parecer. 

Contribua para que seu filho se torne um adulto com limites

Crie o seu filho de modo que ele se torne um adulto que sabe respeitar os limites do próximo. Crianças que não aprendem isso podem se tornar egocêntricas, ter dificuldades de relacionamentos e, até, problemas financeiros por não saber quando parar. 

Gostou desse artigo? Assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas dicas e novidades!

Postagens relacionadas
Child painting in the kindergarten
Por que a rotina na educação infantil é essencial?
Hamburger and french fries for unhealthy lunch
Obesidade Infantil: estratégias para prevenção
Como_melhorar_o_comportamento_dos_filhos_à_mesa.jpg.jpeg
Como melhorar o comportamento dos filhos à mesa
A_importância_da_alimentação_infantil_para_o_desenvolvimento.jpg.jpeg
A importância da alimentação para o desenvolvimento infantil
4_atividades_extracurriculares_que_seu_filho_deveria_fazer.jpg.jpeg
4 atividades extracurriculares que seu filho deveria fazer

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web